quarta-feira , 13 dezembro 2017
bon appetit
Você está aqui: Capa \ Entrevistas \ Palavras da Chef Flávia Cadime
Palavras da Chef Flávia Cadime

Palavras da Chef Flávia Cadime

Da fonoaudiologia para a gastromonia. A Chef Flávia Cadime trocou os pacientes por clientes e hoje faz deliciosos cupcakes agradando aos paladares mais requintados. O Sabores Cariocas bateu um papo com a Chef e conta como foi essa mudança de carreira

SC – Por que a mudança da fonoaudiologia para a gastronomia?

Flávia – Sempre amei o trabalho de fonoaudiologia e ainda é uma grande paixão minha, mas quando comecei a fazer cursos e me especializar na carreira de gastronomia, vi que era impossível conciliar as duas coisas. Quando trabalhava como fonoaudióloga, eu era concursada de outro município, em Angra dos Reis, e ficou difícil continuar dessa forma. Quando optei pela faculdade de gastronomia, percebi que o hobby tinha ficado mais forte e virado, felizmente, uma nova profissão.

SC – Você enfrentou muitas dificuldades nessa troca de profissão?

Flávia – Não tive muitas dificuldades não, isso até me surpreendeu pois tive um retorno quase que imediato quando comecei, literalmente, a colocar a mão na massa! Acho que o principal foi ter focado na nova profissão, largando de uma vez por todas a fono para investir todo meu tempo e dedicação na carreira gastronômica.

SC – Como você descobriu a profissão de cake designer? Teve alguma influência?

Flávia – Tudo começou por causa de uma grande amiga minha, que já sabia de meus dotes culinários e me pediu para fazer o bolo de aniversário da filha. Me empenhei bastante, fiz alguns cursos, tudo para garantir que o bolo saísse do jeito que ela queria. Fiquei muito feliz quando soube que ele foi um sucesso na festa. Minhas influências foram diversas, desde os doces da famosa loja Magnolia Bakery, em NY, a bolos de casamento. O que mais me encanta é justamente brincar com o açúcar na decoração de bolos e cupcakes.

SC – Quais são os doces finos que você prepara? Existe algum diferencial no preparo dos doces?

Flávia – Gosto de fazer os doces mais tradicionais de festas de casamento, como camafeu de nozes, trufa de chocolate e brigadeiros gourmet. O diferencial é o cuidado no preparo, em que eu mesma coloco a mão na massa e supervisiono tudo, para que todos saiam com a mesma qualidade.

SC – Você se formou com quantos anos? Por que o foco na cozinha francesa? E porque a paixão pela confeitaria?

Flávia – Como chef de cozinha, me formei aos 34 anos. Comecei na faculdade, onde aprendi pâtisserie, atividades de planejamento, organização, execução e comercialização de serviços de alimentação em nível tático e gerencial. Meu foco hoje é em cake design.

flavia2

SC – Como você faz para que os bolos tenham a personalidade do dono?

Flávia – Com uma pesquisa bastante apurada com o cliente, conhecendo seus hobbies, sonhos e gostos, e seguindo fielmente o seu pedido para que o produto final seja exatamente o que ele sonhou.

SC – Fale mais sobre o diferencial do seu trabalho e como fez para hoje ter seu trabalho como um dos mais originais do Rio?

Flávia – Tudo o que faço é com muito carinho e cuidado. Seleciono apenas produtos da melhor qualidade e sigo à risca o design desejado do cliente, colocando o meu traço pessoal em cada produção.

SC – Quais são as características mais marcantes dos seus doces e como chegou a elas?

Flávia – O que mais faço são bolos e cupcakes e acredito que o sabor é o traço mais marcante de minhas “obras”. Isso é fruto de muitos estudos e cursos e sei que meu maior retorno é o cliente.

SC – Como foi a sua trajetória profissional?

Flávia – Sou formada em gastronomia pela Universidade Estácio de Sá e pela ADF – Alain Ducasse Formation. Foram dois anos e meio de faculdade e desde então já participei de diversos cursos de especializações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll To Top